Israel Pinheiro da Silva

Engenheiro e administrador, foi Governador de Minas Gerais entre 1966 e 71, dedicando-se à finalização das obras e inauguração do Palácio das Artes. Além da política e da administração, Israel Pinheiro tinha preocupações com a cultura. Apesar do clima de regime militar, apoiou a criação do Suplemento Literário de Minas Gerais, do Jornal Minas Gerais, que reunia poetas e escritores; o Festival de Arte de Ouro Preto e a incorporação da biblioteca do Palácio ao acervo Tancredo Martins, que deu origem à Coleção Mineiriana, da Biblioteca Pública Estadual, entre outras ações.

Olá, isso é um comentário. Para começar a moderar, editar e excluir comentários, visite a tela de Comentários no painel. Avatares de comentaristas vêm a partir do Gravatar.